segunda-feira, 16 de abril de 2007

a dor é inevitável, o sofrimento é opcional



Por um segundo tu achas que tem tudo sobre controle e como em um passe de mágica, tudo muda, tu perde o controle e passa a ser a marionete da vida, deixando simplesmente ela te levar para qualquer lado, em qualquer direção sem nem se importar com o que possa vir acontecer.
Nem sempre, na maioria das vezes, as coisas não funcionam do nosso jeito, da maneira que desejamos ou esperamos, apenas acontecem e cabe a cada um decidir o que vai fazer e que caminho seguir. Às vezes eu penso que já ta tudo predestinado, cada um tem o seu destino e é inevitável mudar, que as vezes as coisas mais absurdas acontecem e tu consegues sair de lá inteiro, de cabeça erguida e coração na mão, não acreditando no que acabou de viver. Que não é possível aquela pessoas entrar e sair da sua vida, milhões e milhões de vezes, e como acaba tudo se encaixando, como em um filme, em que cada um é o personagem principal, e não há lugar para coadjuvantes.
Somos palhaços da vida, meros cobaias, dessas vida, porque não é justo passar anos juntando e formando opiniões para simplesmente acabar de um dia para outro, deixar tudo que conquistou nos anos todos que esteve aqui. Por isso existe novas vidas, ou várias em uma, quantas pessoas você já foi? Quantas vezes mudou de opinião? Quantas vezes olhou para uma pessoa com o menor carinho, e quando se deu conta estava lá trocando confidencias com ela? Quantas vezes você já se viu com a dor de outras pessoa? Certamente não é pura coincidência que acontece isso, com muitas pessoas ao mesmo tempo, tudo tem um sentido.
E quando caíres, não pense na dor que vai sentir e sim na vontade que terá em levantar, e no longo caminho a seguir, a dor é inevitável, o sofrimento é opcional! E essa frasesinha deveria ser levada para a vida toda, porque toda a vez que te magoarem, toda vez que fizeres algo contra vontade, ou simplesmente para evitar problemas "maiores", pense que a dor é inevitável, o sofrimento é opcional.

Um comentário:

Apaixonado pelos seus posts disse...

Me adimiro com a tal facilidade com que tu escreves. Sou apaixonado pelos seus textos, continue assim. Beijos.