segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Não, eu não quero matar os meus heróis.

Já se arrependeu de ter feito alguma coisa? Já se arrependeu por QUASE ter feito alguma coisa? Já se arrepender por não ter feito alguma coisa? Já se arrependeu por ter pensando em fazer algo?
Quantas vezes nós erramos e magoamos pessoas sem ao menos perceber. Queria poder não me arrepender de nada, de poder fazer tudo hoje sem sofrer as conseqüencias no outro dia. Sem ter medo do que possa acontecer, arriscar para então poder falar: "é eu fiz e deu certo".
Essa é umas das piores sensações que existe, a sensação de impotência, a sensação de medo de arriscar ou de perder algo MUITO valioso.
Pra que mudar algo certo por uma besteira? Pra que fazer uma tempestade em copo d'água? Pra que tantas dúvidas se a solução é só ir la e fazer o que der na cabeça.
Não quero acabar com a ilusão de um dia ser totalmente feliz, não quero acabar com cada conquista que tá vindo aos poucos.

Ah se eu tivesse sangue de barata. Não, eu não quero matar os meus heróis.

Nenhum comentário: